Escolha uma Página

Esse é o Primeiro Vídeo da Série Entendendo Formulas. Quando compreendemos exatamente como a fórmula funciona, fica muito mais fácil de entendermos. O Excel “imita” exatamente o que teríamos que fazer no papel com uma régua, calculadora e muita paciência. Assista o vídeo e veja como funciona.

Clique aqui e baixe o arquivo com o Exercício

Transcrição do vídeo

E aí, pessoal! Tudo bem com vocês?

Hoje no quadro entendendo fórmulas, vou falar um pouquinho sobre a fórmula SOMASE, que também vale para o MEDIASE, o CONT.SE e algumas fórmulas condicionais.

Eu gosto de explicar como que uma fórmula funciona. Se a gente aprender exatamente como a fórmula funciona, fica mais fácil de fixar na cabeça e conseguir executá-la sempre que a gente precisar. Então vamos lá!

Para que serve a fórmula SOMASE no Excel

Pessoal, imaginem que essa planilha aqui seja o arquivo de vocês impresso. E aí vocês tem que fazer uma análise por vendedor: quanto cada um vendeu. Se você tivesse que fazer isso na mão, você teria que olhar vendedor a vendedor.

Então eu quero falar do Luís. Eu tenho que vir aqui, olhar vendedor Luís e somar. Deu R$3.080. Aí eu teria que vir aqui em mais um do Luís e somar R$950. Eu teria que fazer cada um desses aqui até chegar no final do Luís.

Se eu quisesse outro vendedor, Mariana, eu teria que fazer a mesma coisa até chegar nos valores da Mariana.

Se eu quisesse por cidade, por região, por produto, eu teria que fazer a mesma coisa se eu quisesse fazer um resumo baseado nesse papel impresso.

Bom, então eu vou falar da fórmula SOMASE. O mesmo vale para o MEDIASE ou até para o CONT.SE. Ela precisa das mesmas informações. Vamos lá!

Como funciona a fórmula SOMASE no Excel

Se eu quero saber o resumo por total de vendas, eu preciso saber o que? Primeiro: eu vou falar de vendedor? Então eu preciso saber qual é a coluna do vendedor, depois eu preciso saber qual vendedor eu quero e depois qual coluna eu vou somar. Nesse caso eu vou somar a coluna total.

Então observem que a fórmula SOMASE faz exatamente a mesma coisa. A primeira coisa que eu falo na fórmula SOMASE é a coluna que eu quero. Então eu estou falando da coluna vendedor. Esse é o meu intervalo. É a primeira informação que eu coloco na fórmula SOMASE.

A segunda informação que eu coloco na fórmula é o meu critério, ou seja, o que eu vou buscar nessa coluna? E aí eu tenho que colocar o vendedor que eu quero. No caso aqui, vamos pensar no Luís. Então meu critério seria Luís. Eu posso clicar numa célula onde esteja escrito Luís, ou eu posso escrever Luís entre aspas duplas.

E aí vem a terceira e última informação da fórmula: qual coluna eu quero somar. É a minha coluna de intervalo de soma. Aí no caso eu vou escolher a coluna Total. Então observem que eu tenho três informações pra fórmula SOMASE funcionar. E não é exatamente o que a gente teve que fazer “no olho”?

Então é assim que a fórmula SOMASE funciona. Quando a gente entende a lógica dela, fica muito mais fácil. Vamos vê-la agora no computador?

Exemplo prático da fórmula SOMASE no Excel

Pessoal, então vamos lá. Vamos entender a fórmula SOMASE funcionando aqui no Excel.

Então para o SOMASE funcionar, eu tenho três argumentos.

  1. O intervalo, que é a coluna que eu vou procurar a informação. No caso, a gente está falando de vendedor. Então vou na coluna vendedor, esse é o meu intervalo.
  2. Segundo, o meu critério, que é o que eu vou procurar nessa coluna. No caso, cada linha dessa é um vendedor.
  3. A terceira informação, que é o argumento que eu vou colocar aqui, intevalo_soma, é qual coluna eu quero somar. No caso eu quero somar a coluna total.

Vamos fazer aqui no Excel?

=SOMASE

Intervalo: minha coluna vendedor. Ponto e vírgula. Qual vendedor eu vou buscar? Qual é o meu critério? Olha só: Gisele. Ponto e vírgula. Qual é o meu intervalo_soma? Coluna Total.

Bom, já finalizei minha fórmula. O que o Excel vai fazer então? Vai vir na coluna vendedor, vai procurar o vendedor que está aqui, que é a Gisele. Ele vai vir, opa, achou a Gisele aqui. Ah, qual coluna eu tenho que somar? Eu falei que é essa coluna. Então ele vai somar R$1.320. Ele vai descendo até achar a Gisele de novo: R$5.200. Ele vai somando até o fim da planilha porque eu peguei as colunas inteiras.

Feito isso, eu posso dar o enter e já está aqui então a minha soma. Como eu peguei a coluna inteira, eu posso arrastar para baixo essa fórmula.

Opa! Aqui no Luís, trouxe zero. Mas eu tenho Luís aqui. Por que aqui veio zerado? Bom, o nome que está aqui tem que ser exatamente igual ao que está aqui. Aqui eu tenho acento no “i” e aqui eu não tenho acento. Então vou colocar o acento no “i” agora. Pronto, resolvido.

Então, pessoal, essa aqui é só uma dica de como você usar o SOMASE, com você entender ela funcionando. Ela faz muito mais coisas. Ainda tem o MEDIASE, ainda tem o CONT.SE, ainda tem o SOMASES, MEDIASES, CONT.SES. Ainda tem uma infinidade de fórmulas. Mas se você entender esse funcionamento, você vai conseguir executar as outras fórmulas também de maneira bem simplificada, tá bom?

É isso aí, pessoal. Espero que vocês tenham gostado.

Se inscrevam no nosso canal, dê um joinha no nosso vídeo e até o próximo!

Gostou do nosso vídeo? Siga nas redes sociais e deixe comentários abaixo.

Se inscreva em nosso canal no Youtube
Curta nossa página no Facebook